terça-feira, 1 de agosto de 2006

Combóio de Londres a Lewes

Longe das alegrias e longe das tristezas. No sábado, deu-se o primeiro casamento da minha geração: a minha prima Inês resolveu atar o nó antes da prima mais velha (eu!). Choro no combóio, ao escrever o cartão de felicidades, por não poder estar lá. No domingo, a minha avó faleceu. Choro no combóio, ao telefone com a família, por não poder estar lá.
Estou longe, presa na porcaria de um combóio que vai e vem de Londres a Lewes.

2 comentários:

Bixu disse...

Lamento...:(
Beijo grande

Rodrigues disse...

:(

Um beijinho, Joana...