terça-feira, 18 de abril de 2006

Cegueira

Nestas férias, li finalmente o Ensaio sobre a Cegueira do Saramago. Só depois de o terminar é que me apercebi de que gostei. Durante a leitura, houve alturas em que estava mesmo para desistir, tal era o nojo que sentia a ler certas cenas. Mas foi bastante interessante ver o quanto a Humanidade, perante uma situação de caos, se pode reduzir aos seus instintos mais primários - uma humanidade que, de cega de olhos, passa a ser também cega de princípios, cega de nomes, cega de classes e cega de regras. Lá diz o ditado: Quem vê cara, não vê coração. Mas se ficarmos todos cegos, vemos bem o que cada um realmente é; no fundo, e não é grande novidade se virmos o que se passa por esse mundo, somos todos uns grand'animais!

2 comentários:

Rodrigues disse...

Joaaaaanaaaaa! Hoje é só surpresas! Descobri que, afinal, o Bixu não tinha ido embora de todo e tem um cantinho novo e descubro que tu tens um blogue! Reconheci-te pelos olhos, nos comentários do Bixu!

Então tinhas um linque para o meu blogue e não me dizias nada? ;)

Joana disse...

Pois e... ando muito quietinha no meu canto a espreitar os cantos dos outros! he he