sábado, 18 de março de 2006

Nervos?

Ontem tive uma boa audição onde cantei Una donna (Despina), Ho um certo rossore (Dorinda) e Padre, germani (Ilia). Acho que gostaram, mas o dia estava no início e ainda iriam ouvir bastantes Dorindas… Mas, como dizem os ingleses, “I sang my heart out”! Espero conseguir o papel…!

Hoje é a segunda récita do Falstaff (e a minha primeira noite). Ainda não estou nervosa. Parece que a primeira récita correu bem e tenho a certeza que a C. cantou bem a Nannetta. Mesmo que eu não ache que tenha uma voz de distinção, especialmente nos médios, não há dúvida de que é uma cantora segura, especialmente nos agudos (mais segura que eu nesse aspecto). Mesmo que a garganta interfira, o seu som sai sempre seguro e flutuante!

A minha professora deu-me um raspanete por não ter convidado agentes para a récita. Mas, sinceramente, não me cabe na cabeça convidá-los para me ouvirem num papél onde não me sinto 100% segura (ou mesmo 80%). Aliás, já estou sob pressão suficiente já que vão lá estar outros críticos, agentes e companhias que me ouviram noutros papeis mais apropriados e que estão curiosos para me ouvir neste… Oooops…

1 comentário:

Bixu disse...

Oh Joana!
Estás a ficar muito cantora:P